Já começou a Campanha Cocari Solidária, edição 2020/2021. Na compra de uma muda de essência nativa, o participante tem direito a um cupom para concorrer a um automóvel, duas motocicletas e duas tevês de LED. O sorteio será realizado no dia 5 de outubro de 2021. Todos os recursos arrecadados ficam para as instituições que promovem projetos sociais nas áreas de ação da cooperativa.

Na campanha anterior, 138 entidades participaram do projeto, arrecadando mais de R$ 534 mil a partir da venda de vale-mudas de essências nativas.

Por meio dessa tradicional iniciativa da cooperativa, um grande número de pessoas é beneficiado, em diversas frentes. Primeiramente, as mudas trocadas pelos cupons são produzidas por colaboradores alunos da Apae, que atuam integrados ao mercado de trabalho, tendo sua cidadania valorizada. Quem adquire a essência nativa pelo valor de R$ 5,00 contribui para a reposição de árvores tão necessária ao meio ambiente. Além disso, os valores arrecadados ficam disponíveis integralmente para as entidades que aderem à campanha, o que as ajuda economicamente e fomenta as ações desenvolvidas em benefício da comunidade.

Segundo o responsável pela organização do projeto, o assessor institucional de Recursos Humanos, Angelo Trintinalha, espera-se a superação da arrecadação que aconteceu em 2019/2020, que foi de R$ 534.925,00, por meio da venda de 106.985 cupons.

O assessor comentou os impactos gerados pela Cocari Solidária testemunhados ao longo de 16 anos de realização. “A Cocari beneficiou várias entidades cadastradas no programa do Paraná, Goiás, São Paulo e Minas Gerais, com a arrecadação no valor de R$ 5.785,720,00 em valores originais”, informa.

Angelo Trintinalha lembra que, desde o início, os valores arrecadados são totalmente revertidos para as instituições. “A Cocari assumiu todas as despesas durante todo o período de promoção da campanha, inclusive o Imposto de Renda sobre os prêmios adquiridos para os sorteios. Assim, a cooperativa vem cumprindo com seu objetivo de assistência a entidades nas suas regiões de atuação”, disse.

A comunidade está convidada a participar da campanha e ajudar a desenvolver as instituições que promovem projetos sociais. “A arrecadação da campanha Cocarinho, como a Cocari Solidária também é conhecida, vem ao encontro das necessidades de cada entidade, para manutenção e conservação do seu patrimônio, beneficiando crianças e adultos carentes atendidos por essas instituições. Assim podemos contribuir efetivamente com a sociedade”, destacou.

Exemplo de instituição que tem revertido os recursos da campanha em benefício da comunidade é a Escola Especial Dr. João Bosco Rennó Salomon, mantida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Cristalina-GO, que atende 183 estudantes com deficiência intelectual e múltipla, quadros sindrômicos, atraso global no desenvolvimento, dentre outros.

Segundo Maria Cristina Jorge Maróstica, diretora da instituição, a ação solidária da Cocari representa uma fonte de renda segura para a entidade há muitos anos. “Nossa diretoria, liderada pelo presidente Antonio Carlos Picolloto, sabe que muitos desses recursos nos permitiram avançar neste momento difícil nas Oficinas Pedagógicas e Salas de EJA”, contou.

Arquivo da Apae

Maria Cristina destaca que a Cocari esteve presente desde a fundação da instituição e implantação da Escola Especial e, em 2010, foi pioneira com a proposta pedagógica no 1.° Emprego Apoiado para Jovens e Adultos. “No interior da Apae, consolidamos parceria na instalação de um viveiro para produção de árvores nativas do Cerrado, proposta esta que apresentamos ao Programa Agrinho do Sistema FAEG/SENAR e Sindicato Rural, conquistando nossa primeira vitória no programa”, disse.

Ajude a transformar a vida de mais pessoas! Faça parte da Campanha Cocari Solidária adquirindo vale-mudas nas instituições participantes!

Redação C7 Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *