21 de janeiro

Soja

A soja voltou a demonstrar firmeza e encerrou o pregão da última quinta-feira (20) com ganhos fortes na Bolsa de Chicago, subindo 30 pontos ou mais pelo segundo dia seguido. Os motivos dos ganhos fortes foram basicamente os mesmos da véspera. Já pela manhã, o adido do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos no Brasil divulgou nova estimativa para a nossa safra estimando-a em 136 milhões de toneladas, em uma aparente correção depois que previu a safra brasileira em 139 milhões de toneladas no relatório de oferta e demanda deste mês. Outras entidades que vinham projetando uma produção de 133 a 135 milhões de toneladas já começam a considerar reduzir para a faixa de 130 milhões, pois as perdas no Paraná e no Rio Grande do Sul estão superando as expectativas. Por isso, o grão subiu 34,50 centavos no contrato de março.

Fonte: Granopar

Milho

Como tem ocorrido com certa frequência, o milho situou-se entre os fortes ganhos da soja e as perdas do trigo e encerrou o pregão da última quinta-feira (20) com preços pouco alterados na Bolsa de Chicago. As principais safras de Brasil e Argentina têm ocorrido na segunda safra, por isso, não se esperam perdas muito relevantes na produção da América do Sul até agora, sem contar a questão de a safra sul americana do cereal representar cerca de 4% do total mundial, ante mais de 50% no caso da soja. Ao fim do dia, o contrato de março subiu leves 0,50 centavos

Fonte: Granopar

Trigo

O trigo acabou passando por uma correção leve depois dos ganhos acumulados nos últimos dias e encerrou o pregão da última quinta-feira (20) com preços moderadamente mais baixos nas bolsas dos EUA. Pela manhã, o mercado tentou romper a resistência dos Us$ 8,00 nos vencimentos mais próximos de Chicago, mas os especuladores não se arriscaram muito. Na última quinta-feira, foi dado um sinal de que, nas atuais circunstâncias, o mercado teria dificuldades em subir além deste patamar, mas nesta sexta-feira (21) tudo pode mudar. O contrato de março caiu 6,25 centavos na CBOT e 3,25 na KCBT.

Fonte: Granopar

Dólar

Dólar EUACompra (R$)Venda (R$)
20/01 (PTAX)5,41605,4166
20/01-13:005,40705,4076

Fonte: Banco Central do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *