12 de abril

Soja

A soja foi fortemente afetada pela onda de Covid-19 que atinge a China e encerrou o pregão da última segunda-feira (11) com fortes perdas na Bolsa de Chicago. No fim de semana, foram registrados cerca de 25.000 novos casos por dia no país asiático, e mesmo que o número de mortes seja baixo, novas medidas de restrição estão sendo adotadas para frear o aumento das infecções. Isso põe em risco o crescimento do PIB e pode levar a um menor consumo de petróleo e grãos, por isso, a soja e a matriz energética lideraram as perdas vistas nas commodities. Além disso, o clima frio nos EUA está mantendo lento o ritmo da semeadura do milho no país, o que poderia resultar em alguma mudança de planos de última hora por parte dos produtores, que optariam por cultivar mais soja. Por isso, no fechamento, o grão caía 33,75 centavos no contrato de maio.

Fonte: Granopar

Milho

O milho comportou-se como geralmente o faz quando soja e trigo seguem caminhos totalmente distintos e encerrou o pregão da última segunda-feira (11) com preços pouco alterados na Bolsa de Chicago. Nos vencimentos mais curtos, as quedas de 4% no petróleo e de 2% na soja acabaram influenciando negativamente o cereal. Já para os contratos mais longos, a sensação de que o clima pouco propício à semeadura nos EUA neste início de ciclo poderia levar a uma transferência de área para a soja deu algum suporte. Diante disso, o contrato de maio caiu 4,25 pontos e o de dezembro subiu 2,00 centavos.

Fonte: Granopar

Trigo

O trigo subiu forte neste início de semana e encerrou o dia com altas próximas a 3% nas bolsas dos EUA. Além da já bastante debatida situação de guerra entre Rússia e Ucrânia, que envolve cerca de 30% de todo o potencial exportável de trigo do mundo, o clima nos EUA também tem dado suporte aos preços do cereal, pois as condições das lavouras de inverno seguem próximas de 30% boas/excelentes e as previsões para as próximas duas semanas não são muito favoráveis nas Grandes Planícies dos EUA. Por isso, o contrato de maio subiu 29,75 centavos na CBOT e 34,75 pontos em Kansas City.

Fonte: Granopar

Dólar

Dólar EUACompra (R$)Venda (R$)
11/04 (PTAX)4,70194,7025
11/04-13:004,70124,7018

Fonte: Banco Central do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *