16 de maio

Soja

A soja foi suportada pelos bons ganhos do mercado de energia e encerrou o pregão da última sexta-feira (13) com fortes altas na CBOT. A guerra entre Rússia e Ucrânia está se estendendo por muito mais tempo do que se imaginava e as sanções impostas pelos países membros da União Europeia incluem a paralisação total da compra de petróleo russo até o fim do ano, mantendo os preços da matriz energética com forte viés de alta. Com o petróleo acima dos Us$ 100, o mercado de energia vai buscando alternativas, entre elas, o etanol e o biodiesel, deixando os óleos vegetais mais suscetíveis às oscilações do setor energético. Na última sexta-feira, o petróleo subiu mais de 4%, o que, somado ao banimento das exportações do óleo de palma por parte da Indonésia recentemente, vem dando suporte ao óleo de soja, e, por conseguinte, à soja em grão. O clima estranho nos EUA também colabora, por isso, o contrato de julho subiu 32,75 centavos.

Fonte: Granopar

Milho

O milho encerrou o pregão da última sexta-feira (13) com perdas moderadas na CBOT. Ainda que o mercado de energia se mantenha firme, o cereal tem sido mais influenciado pelo clima, tanto nos EUA quanto no Brasil, onde alguns modelos estão mostrando possibilidade de geadas para alguns estados produtores da safrinha na próxima semana. Os investidores parecem considerar que os estoques mais apertados nos EUA para o novo ciclo não seriam suficientes para justificar preços tão altos. Por isso, o mercado parece buscar um ajuste. No fechamento, o contrato de julho caía 10,25 centavos.

Fonte: Granopar

Trigo

O trigo continua sem apresentar uma tendência uniforme nas bolsas norte-americanas e encerrou o pregão da última sexta-feira (13) com preços mistos. Na Kansas City Board of Trade (KCBT) são negociados os papéis do trigo tipo Hard Red Winter, trigo duro de alta proteína que corresponde por quase 70% da safra de inverno dos EUA. E com as condições das lavouras desta safra em um dos piores patamares de todos os tempos, temos a justificativa para o suporte aos preços em Kansas. O contrato de julho caiu leves 1,25 centavos na CBOT e subiu 12,00 pontos na KCBT.

Fonte: Granopar

Dólar

Dólar EUACompra (R$)Venda (R$)
13/05 (PTAX)5,10695,1075
13/05-13:005,07035,0709

Fonte: Banco Central do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *