O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) está monitorando o frio intenso previsto para esta semana. As temperaturas devem permanecer bem baixas em parte do país e o frio deve ganhar intensidade nos próximos dias. O Inmet mantém a condição de geada ampla atingindo o Centro-Sul do Brasil na próxima quinta-feira (19), podendo alcançar áreas de milho safrinha, café, hortifrúti, cana-de-açúcar e laranja. 

“Na terça-feira (17), uma massa de ar frio avança pela Região Sul, gerando resfriamento expressivo e forte declínio das temperaturas no Paraná. Há possibilidade de formação de geada em vários pontos do estado. Ressalta-se que o vento se mantém mais persistente e, associado ao ar mais gelado, pode provocar a ocorrência de ‘geada negra’ entre o sudoeste e o centro-sul paranaense, fenômeno que é mais prejudicial para a agricultura”, alertou o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) na manhã da última segunda-feira (16).  

Veja o mapa do Simepar com áreas em alerta para geadas:  

SIMEPAR 2

A Climatempo destaca que o mês de maio apresentará temperaturas baixas principalmente no Centro-Oeste e Sudeste do Brasil. “Esta semana será uma situação excepcional. Mato Grosso do Sul, sul de Goiás, São Paulo, Sul de Minas e Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba devem registrar geada no fim desta semana”, informou a consultoria.  

Devem ser registradas mínimas abaixo de 0ºC em áreas de café no Sul de Minas Gerais e temperaturas entre 0ºC e 5ºC no interior de São Paulo, Goiás, Triângulo Mineiro e Distrito Federal. “De uma forma geral, milho safrinha, cana-de-açúcar, laranja, café e pastagens vão sentir o efeito da geada e das temperaturas muito baixas. O efeito mais danoso será sobre os hortifrútis”, destacou a previsão da consultoria com informações do agrometeorologista Celso Oliveira.  

 Redação Cocari com informações do site Notícias Agrícolas 

Imagem de capa: IDR-Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *